Publicidade

LightBlog

Eleição para Conselho Tutelar no Distrito Federal - 06/10/2019


Hoje, dia 06 de Outubro, é dia de realização das Eleições dos Conselhos Tutelares em todo o Brasil.

No Distrito Federal, a votação será realizada em escolas e faculdades localizadas nas regiões administrativas, no período das 09 às 17h. 

Com o número do título e nome completo, o cidadão pode consultar onde poderá votará, através do sistema criado pela Sejus-DF, clique aqui. 


Lista Completa com os locais de votação


O eleitor que se lembrar da sua zona eleitoral, pode pesquisar seu local de votação por região administrativa, para saber mais, clique aqui.


Documentos necessários


Título de eleitor e documento de identidade original com foto, ou o aplicativo e-Título, da Justiça Eleitoral.


O voto não é obrigatório, mas é um importante instrumento de participação da Sociedade. Lembre-se: O Voto é direto e secreto, exerça o seu direito de cidadania. 

Cada pessoa poderá escolher um candidato entre os 877 participantes. 

Serão eleitos 200 Conselheiros Tutelares titulares e 400 suplentes, para o mandato que tem duração de quatro anos, de 2020 a 2023.

Para conhecer os Candidatos a Conselheiros Tutelares no Distrito Federal, clique aqui.

Os Conselheiros Tutelares trabalham sob regime de dedicação exclusiva. Cada Conselho Tutelar conta com uma equipe de 5 (cinco) Conselheiros Tutelares.

SAIBA MAIS...


O Conselho Tutelar é um órgão criado para garantir que a sociedade e as autoridades responsáveis cumpram o Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA, assegurando os direitos à sobrevivência (vida, saúde, alimentação), ao desenvolvimento pessoal e social (educação, cultura, lazer e profissionalização) e à integridade física, psicológica e moral (liberdade, respeito, dignidade e convivência familiar e comunitária).

O Conselho Tutelar deve ser acionado sempre que ocorrem casos em que crianças e adolescentes estejam em situação de risco pessoal ou social. Por exemplo: abandono, exploração sexual, trabalho infantil, violência, negligência, crueldade ou discriminação.

Como fazer as denúncias?


As denúncias podem ser feitas pessoalmente no Conselho Tutelar, pelo site, por contato telefônico e até mesmo de forma anônima através dos serviços de Disque-denúncia (Disque 100, nacional; Disque 181, estadual; e Disque 156, municipal.

Informações: conselhotutelar.sejus.df.gov.br ou pelo telefone (61) 3213-0740

Onde encontrar o Conselho Tutelar no Distrito Federal?


Há 40 unidades do Conselho Tutelar distribuídos nas regiões administrativas.


I – Região Administrativa de Brasília – RA I:

a) Conselho Tutelar de Brasília – I;
b) Conselho Tutelar de Brasília – II;

II – Região Administrativa do Gama – RA II:

a) Conselho Tutelar do Gama – I;
b) Conselho Tutelar do Gama – II;

III – Região Administrativa de Taguatinga – RA III:

a) Conselho Tutelar de Taguatinga – I;
b) Conselho Tutelar de Taguatinga – II;

IV – Região Administrativa de Brazlândia – RA IV: Conselho Tutelar de Brazlândia;

V – Região Administrativa de Sobradinho – RA V: Conselho Tutelar de Sobradinho;

VI – Região Administrativa de Planaltina – RA VI:

a) Conselho Tutelar de Planaltina – I;
b) Conselho Tutelar de Planaltina – II;

VII – Região Administrativa do Paranoá – RA VII: Conselho Tutelar do Paranoá;

VIII – Região Administrativa do Núcleo Bandeirante – RA VIII: Conselho Tutelar do Núcleo Bandeirante;

IX – Região Administrativa de Ceilândia – RA IX:

a) Conselho Tutelar de Ceilândia – I;
b) Conselho Tutelar de Ceilândia – II;
c) Conselho Tutelar de Ceilândia – III;
d) Conselho Tutelar de Ceilândia – IV;

X – Região Administrativa do Guará – RA X: Conselho Tutelar do Guará;

XI – Região Administrativa do Cruzeiro – RA XI: Conselho Tutelar do Cruzeiro;

XII – Região Administrativa de Samambaia – RA XII:

a) Conselho Tutelar de Samambaia – I;
b) Conselho Tutelar de Samambaia – II;

XIII – Região Administrativa de Santa Maria – RA XIII:

a) Conselho Tutelar de Santa Maria – I;
b) Conselho Tutelar de Santa Maria – II;

XIV – Região Administrativa de São Sebastião – RA XIV: Conselho Tutelar de São Sebastião;

XV – Região Administrativa do Recanto das Emas – RA XV: Conselho Tutelar do Recanto das Emas;

XVI – Região Administrativa do Lago Sul – RA XVI: Conselho Tutelar do Lago Sul;

XVII – Região Administrativa do Riacho Fundo – RA XVII: Conselho Tutelar do Riacho Fundo;

XVIII – Região Administrativa do Lago Norte – RA XVIII: Conselho Tutelar do Lago Norte;

XIX – Região Administrativa da Candangolândia – RA XIX: Conselho Tutelar da Candangolândia;

XX – Região Administrativa de Águas Claras – RA XX: Conselho Tutelar de Águas Claras;

XXI – Região Administrativa do Riacho Fundo II – RA XXI: Conselho Tutelar do Riacho Fundo II;

XXII – Região Administrativa do Sudoeste/Octogonal – RA XXII: Conselho Tutelar do Sudoeste/Octogonal;

XXIII – Região Administrativa do Varjão – RA XXIII: Conselho Tutelar do Varjão;

XXIV – Região Administrativa do Park Way – RA XXIV: Conselho Tutelar do Park Way;

XXV – Região Administrativa do SCIA – RA XXV: Conselho Tutelar da Estrutural;

XXVI – Região Administrativa de Sobradinho – RA XXVI: Conselho Tutelar de Sobradinho II;

XXVII – Região Administrativa do Jardim Botânico – RA XXVII: Conselho Tutelar do Jardim Botânico;

XXVIII – Região Administrativa do Itapoã – RA XXVIII: Conselho Tutelar do Itapoã;

XXIX – Região Administrativa do SIA – RA XXIX: Conselho Tutelar do SIA;

XXX – Região Administrativa de Vicente Pires – RA XXX: Conselho tutelar de Vicente Pires;


XXXI – Região Administrativa da Fercal – RA XXXI: Conselho Tutelar da Fercal.

Para saber mais, entre em contato com  SEJUS, clique aqui.


Postar um comentário

0 Comentários